O DOM DA GRATIDÃO

 

Obrigado, Senhor!

     Dentre muitos livros que tenho, procurei um que tivesse uma oração de agradecimento. Encontrei um específico de orações, mas fiquei surpreso quando só encontrei orações de pedidos: pedidos de proteção para uma viagem, para engravidar, para cura, para ajudar alguém, para conseguir emprego, saúde, sabedoria, para desatar os nós de nossa vida etc! O que é normal, pois desde criança aprendemos a pedir ao Papai do Céu.

     De fato, tão importante quanto apresentarmos nossos pedidos é o ato de agradecer a Deus por tudo o que nos concede. Mas alguns podem perguntar: o que agradecer? Podemos agradecer pela nossa vida, pela vida de nossos filhos, netos, pela vida em família, pela vida em comunidade. Felizes são aqueles que começam aqui a vivenciar um pedacinho do céu. Agradecer pelo nosso trabalho. Felizes são aqueles que têm um trabalho, quando muitos estão desesperados em busca de emprego. Agradecer pelo pão nosso de cada dia em nossas mesas, enquanto muitos dormem de estômago vazio. Agradecer pelos medicamentos que aliviam as dores, trazem conforto e curam. Agradecer pela Palavra do Senhor, que traz vida e verdadeiro alimento para os corações sedentos de Sua presença.

     Ao continuar minha busca por um livro que tivesse orações de agradecimento, percorri a Bíblia Sagrada e, aí sim, encontrei belíssimas orações de agradecimento, como no Magnificat (Lc 1,46ss), quando Maria disse: “A minha alma engrandece o Senhor e meu espírito se alegra em Deus meu Salvador…”; ou ainda o júbilo de Jesus (Lc 10,21ss) pela obra de seus discípulos: “Naquela mesma hora, ele exultou no Espírito Santo e disse: Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra…”. Assim, Jesus nos ensina que a libertação de nosso coração do egoísmo acontece quando, em nossas orações diárias, agradecemos a Deus por tudo aquilo que Ele nos concede.

     Nosso amado Papa Francisco revelou ter conhecido uma sabedoria que dizia que “gratidão é uma planta que cresce somente em terra de pessoas de alma nobre!”.

     Com a intercessão de Maria, Mãe do Puro Amor, agradeçamos a Deus mais esse dom: o dom da gratidão.

 

Alexandre Magno de Andrade

Diácono Cooperador da Catedral de São Dimas