O Dia do Pediatra é celebrado anualmente em 27 de julho. A data foi escolhida por ser o dia da fundação da Sociedade Brasileira de Pediatria, em 1910.

A palavra “pediatra” foi criada em 1880, a partir do grego “paido” = criança, mais “iatrós” = aquele que cura. Dessa forma, na prática, o pediatra é o médico que cuida da criança, desde o nascimento até o fim da adolescência.

Longe de ter apenas seu caráter técnico, quem se dedica a essa profissão prepara-se para uma vida repleta de “choros”, “risos” e toda sorte de emoções, que podem variar da mais contagiante alegria à mais profunda angústia e tristeza. Nada pode ser mais emocionante do que o olhar de gratidão de um pequenino que é curado, mas algumas vezes nos rendemos à sensação de impotência e à dureza das perdas.

Diríamos que a pediatria é uma profissão com muitos desafios; o maior deles reside justamente em fazer o diagnóstico e o tratamento corretos daquele “serzinho”, que ainda não se expressa por completo e tem apenas o choro como defesa. Podemos salientar que a particularidade do vínculo profissional construído com o paciente, o acompanhamento dessa etapa tão importante da vida e o envolvimento que se cria com toda a família tornam a figura do pediatra quase um membro daquele lar. Além disso, temos que lidar no dia a dia com a ansiedade e a angústia dos pais, avós e demais familiares.

Nunca podemos perder de vista, no entanto, que sob nossos cuidados estão obras-primas de Deus. Com essa visão, entregamo-nos diariamente nas mãos do Pai, pedindo que nos dê sempre sabedoria e tolerância, confiantes em sermos instrumentos de Sua vontade, a serviço da vida.

Amparados por essa confiança, seguiremos em frente, até quando Deus quiser, neste trabalho que traz esperança de futuro, professando sempre nosso juramento próprio da pediatria:

 

Eu, Rosangela, prometo que farei pela Criança que me é confiada o que faria pelo filho de minha carne.

E assim, minha consciência de nada me acusará.

E poderei dormir o sono dos justos.

Assim prometo.

RosângelaGuimarães Ferreira

Médica pediatra